terça-feira, 6 de maio de 2014

Última hora: o fim está próximo

Ser distraída não é deixar as chaves na fechadura por dentro quando saio de casa.
Não é guardar revistas no frigorífico, não é dizer três vezes bom dia à mesma pessoa no corredor da empresa, não é passar a porta de casa porque vou a pensar no jantar.

Ser distraída não é sequer abordar um carro no estacionamento que jurava ser o meu e não perceber o que raio faz uma cadeira de bebé no banco de trás. E o carro ser de cor diferente.

Não.

Ser distraída é ir à casa de banho do ginásio, e depois de fazer o que há para fazer, passar os quatro minutos seguintes numa luta corpo a corpo com a fechadura, mandar mensagens a dizer que finalmente sou uma princesa fechada num castelo (embora dispensasse a loiça sanitária), amaldiçoar a reduzida dimensão das minhas vísceras e no momento em que me conformo que só uma solução à MacGyver (com o elástico de cabelo, os atacadores dos ténis e o piaçaba) me poderiam valer, perceber que nunca cheguei a destrancar a porta.

Não há caminho mais longo do que aquele que se faz ao sair de uma casa de banho onde se esteve aos encontrões à porta e junto ao qual está uma fila de mulheres à espera.



15 comentários:

  1. Respostas
    1. Quando te acontecer a ti, falamos...

      Eliminar
  2. Caramba!!!! é muita coisa seguida para se aguentar!
    Tira uns dias, esse cérebro precisa de descanso! :))))

    ResponderEliminar
  3. AHAH!!
    Isso já me aconteceu! Estava eu de barriga gigante, de águas rebentadas à espera de entrar em trabalho de parto quando me fui enfiar num WC que não podia ser trancado por dentro, como é obvio só reparei quando foi preciso (re)abrir a porta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba mas isso é muitíssimo pior! Eu (já) não tinha nada em fila de espera para sair.

      Eliminar
  4. Oh my God... Ainda bem que isso se passou num ginásio. Afinal, não terás (em princípio), ninguém aflito à tua espera lá fora a pensar no que te terá acontecido... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e eu? E eu? A minha aflição não conta?

      Eliminar
    2. Tu és uma MMS muito tonta...

      Eliminar
    3. És de sonho na mesma...

      Eliminar
  5. Já começaste à procura de novo ginásio, não? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nááá. Prevejo que não será, nem de longe, o último momento embaraçoso. Amanhã tenho um treino com um PT que gagueja. Temo o pior.

      Eliminar
  6. As revistas ficaram boas?

    ResponderEliminar

Sonhos